As referências de nossos filhos
4 de outubro de 2017
Então, o amor é isso!
11 de outubro de 2017

Ataques Noturnos

woman eats sweets at night to sneak in a refrigerator

Há algum tempo recebi este artigo e achei muito interessante e tem a ver com quem deseja ter saúde.

Se você come sanduíche todos os dias por causa da pressa, cuidado. Você pode estar sobrecarregando o organismo de gorduras indesejáveis e ainda deixá-lo em falta com outros nutrientes necessários à saúde. Talvez seja hora de reavaliar o que anda levando à boca.

GRAU DE PRIORIDADE

O único momento que você tem para comer tranquilamente é o jantar. Mas será que não é por isso que anda sentindo desânimo e cansaço? É fácil entender por que. Imagine que seu organismo é um automóvel. Sem combustível, ele não funciona, certo? Se você jantou as 8h da noite, acordou cedo, engoliu um cafezinho às pressas e saiu para trabalhar, seu organismo pode se sentir fraco e o dia não vai render como devia.

É por isso que tanto se fala que o café da manhã é a refeição mais importante de todas. Ele vai fornecer energia suficiente para que você trabalhe, pense e se movimente até a hora do almoço, e o lanche da tarde vai evitar uma queda de desempenho. Mas quem costuma fazer a melhor refeição do dia no jantar pode estar invertendo todo esse processo.

De qualquer modo, se você só tem tempo de se alimentar tranquilamente à noite, o jeito é dar mais atenção à qualidade e tomar cuidado com a quantidade, principalmente se você dorme cedo. Abusar na comida para compensar o que deixou de comer durante o dia costuma gerar má digestão e insônia. Além disso, dormir depois de engolir um superprato pode acabar com o apetite e fazer você pular o café da manhã, gerando assim um círculo vicioso.

HORÁRIOS REGULARES

Embora dependa dos hábitos alimentares e necessidades nutricionais de cada um, procure fazer pelo menos três refeições diárias. O importante é que todas elas contenham alimentos variados, para garantir que você esteja consumindo todas as vitaminas e proteínas que seu corpo precisa. Quem tem problemas digestivos, por exemplo, deve comer mais vezes em menor quantidade, evitando temperos fortes, molhos e refrigerantes. Nesse caso, os médicos indicam que é preciso evitar deitar após as refeições, para facilitar a digestão. 

BOA NOITE

No jantar, o melhor é comer alimentos leves e em quantidades moderadas. Isso significa dar prioridade às massas menos pesadas, como macarrão com molho de tomate, tortas assadas acompanhadas de salada de folhas e legumes refogados com pouco óleo. Como sobremesa, prefira frutas ao natural, pois as compotas e doces contêm muito açúcar.

PERIGO PARA A CINTURA

Uma das consequências mais indesejáveis para quem costuma substituir as refeições por sanduíche é o aumento de peso e de colesterol. Isso porque o pão é recheado de presunto, hambúrguer ou queijo, alimentos altamente calóricos, e temperos como maionese, ketchup e mostarda.

Comer sanduíche no jantar é pior ainda. À noite o metabolismo é mais lento e o organismo não consegue queimar toda a comida. Além do mais, nesse período, é provável que você esteja na frente da televisão, sem fazer nenhum tipo de atividade física.

Conclusão: toda a energia que você consumir e não queimar vai ser transformada em gordurinhas depositadas na barriga e na cintura.

PARA QUE PRESSA?

  • Mantenha horários regulares para fazer suas refeições.
  • Coma devagar, em ambiente tranquilo, mastigando e saboreando cada alimento.
  • Use açúcar com moderação. Se possível, substitua o açúcar branco pelo mascavo.
  • Modere a quantidade de refeições semi-prontas como macarrão instantâneo e sopas de preparo rápido, pois muitas contêm grande quantidade de sal e gordura.

 

Autor desconhecido

Comentários

Produzido por: SdMídia.com.br