Travessia – traumas da aposentadoria
18 de julho de 2018
Emancipação Intelectual e Educação Popular
18 de julho de 2018

Abra seu Coração para os Filhos

Eu estive olhando o livro Assuntos de Família, do Daniel Gotlieb, Editora Saraiva, e quero compartilhar algumas ideias que podem ser úteis para quem ainda se pergunta: o que posso deixar para meus filhos?

Que tipo de ajuda posso oferecer? Ele faz um comentário sobre nossa expectativa de querer o melhor para os filhos e lembra como muitas vezes o que imaginamos e idealizamos não é realmente o que eles têm em mente para suas próprias vidas.

Na verdade acaba sendo algo que queremos ver neles, que pode não fazer nenhum sentido. Nossas crenças, aquilo que gostamos, nosso estilo de vida, nem sempre serão aceitos por eles. Mas, muitas vezes, insistimos que continuem vivendo carregando nossa bagagem, porque julgamos que nosso projeto e caminhos percorridos são os mais adequados. Quando eles se desviam dessa rota, realizando com autonomia suas escolhas, tendemos a achar que não serão boas escolhas. E até nos rebelamos, abandonando-os com chavões do tipo: lavo minhas mãos.

No entanto, talvez um dos principais aprendizados que tenhamos de fazer enquanto pais é aceitar que nossos filhos são autônomos e fazem suas escolhas por vontade própria. E que não teremos controle permanente sobre suas vidas.

O autor de Assuntos de Família diz uma coisa que eu achei muito rica para apreciarmos que é o seguinte:

Se ao invés de tentarmos que carreguem nossa bagagem, compartilharmos com nossos filhos o nosso coração, ou seja, os nossos medos, a nossa culpa, a nossa dor, os nossos limites e a nossa luta, eles nos terão como pessoas inteiras, com uma sabedoria colhida na trilha da vida, e também com uma fragilidade. E desse tipo de vínculo verdadeiro poderá surgir neles a força que precisam para trilhar seu próprio caminho, usando seus recursos, que não podemos esquecer, também têm nossas raízes, é claro.

Confie. Abra seu coração. Fale de você e de suas experiências.

Ângela Vieira de Albuquerque Martins – Jornalista profissional, formada em Comunicação Social; Terapeuta Familiar, pós-graduada na PUC-SP, atua na orientação familiar, conduz a coluna De Olho na Criança (Jovem Pan FM).

Comentários