Família e Modernidade
25 de setembro de 2019
Real beleza
2 de outubro de 2019

Biblioteconomia

Duração

08 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo o prazo máximo de integralização 12 semestres.

Mercado de trabalho

A função do Bibliotecário é organizar as informações de forma que a disposição de livros, fotos, revistas e outros documentos em determinado local – geralmente uma biblioteca – faça sentido e esteja acessível a outros profissionais e o público em geral. Mas não pense que o Bibliotecário vive empoeirado, às voltas com arquivos imensos e cheios de gavetas. Hoje as bibliotecas e centros de documentação caminham a passos largos para a informatização de seus arquivos, fazendo com que o computador entre no rol de instrumentos de trabalho deste profissional.

Atuação

Internet amplia mercado
O mercado de trabalho do Bibliotecário encontra-se em expansão, especialmente para os que manejam bem o computador, já que várias instituições estão informatizando suas bases de dados e digitalizando documentos para consulta pública.

Com o acesso à informação cada vez mais universal, a tarefa maior passa a ser organizá-la, e isso é função do Bibliotecário. O profissional da área encontra trabalho em bibliotecas públicas, escolares ou particulares, centros de documentação, arquivos, museus, editoras, agências de comunicação e ONGs. O Bibliotecário também está sendo requisitado para organizar bancos de dados em computadores e sistemas de busca na internet.

Por isso é importante que o Bibliotecário tenha uma boa base de cultura geral, além de saber técnicas de catalogação e classificação, pois transita por vários assuntos. Este profissional também é contratado para organizar bibliotecas temáticas, de colecionadores particulares, o que exige conhecimentos gerais sobre o assunto em questão.

A profissão foi regulamentada em 1962, a categoria conta com um conselho federal e é preciso registrar-se nos conselhos regionais de Biblioteconomia para exercer a profissão.

Hoje cerca de 15 mil profissionais exercem a atividade em todo o país – que saiu na frente nesta área do conhecimento, já que fundou o primeiro curso da América do Sul e o terceiro do mundo, já nas primeiras décadas do século passado.

A idéia era formar Bibliotecários para o serviço público e para a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro – instituição fundada em 1810 com o acervo da Livraria Real, trazido pela família real em sua vinda para o Brasil.

Maiores Informações

http://www.uff.br/catalogo/gra/ceg/ggb.htm http://www.usu.br
http://www.unirio.br/

Comentários