Adolescentes – A neurologia explica
4 de abril de 2018
Cuidados com a voz
11 de abril de 2018

Bulimia: não engula essa

Para manter as curvas e o corpo com tudo em cima, a empresária Alessandra, a Leka, participante do programa Big Brother Brasil, da Rede Globo, possui um método ineficaz e para lá de perigoso. Com medo de engordar, ela força o vômito após as refeições. A cena foi ao ar para todo o Brasil e chamou a atenção quando Leka confessou diante das câmeras que tem bulimia. Um mal comum entre adolescentes e mulheres até 30 anos.

– Posso estar magra, mas subo na balança e sempre me sinto uma porca. Vou nas lojas e peço calças tamanho 46 embora vista menos do que isso – afirmou ela durante o programa.
Infelizmente Alessandra não é a única. Ela faz parte de um universo de aproximadamente 4% de mulheres que sofrem de transtornos alimentares e emocionais, como anorexia e bulimia.

– Nunca tive este problema. Tenho pavor de vomitar e acho uma atitude inconcebível. Prefiro ser uma gordinha feliz do que uma magra infeliz. A bulimia é uma doença que mostra muito a insegurança da pessoa – afirma Luiza Brunet.
Luiza está certa. A bulimia é uma doença que tem entre seus principais sintomas, a corrida para o banheiro após a ingestão de algum alimento. A bulímica força o vômito para não engordar.

– A origem desse problema está em questões emocionais e na pressão social sobre a mulher para que ela tenha um corpo perfeito – observa a psicóloga Olga Inês Tessari.
O medo de adquirir uns quilos a mais ou de ter comido além da conta fazem com que a pessoa force o vômito, mas a sensação de emagrecimento é ilusória.

– A digestão começa na boca. Portanto quando você come, já está absorvendo o alimento. Vomitar não emagrece, mas para quem tem bulimia, o ato de colocar a comida para fora dá um grande alívio e a impressão de que ela está se livrando de um peso- explica a psicóloga.
Fisicamente, uma pessoa normal

Aparentemente, quem tem bulimia é uma pessoa normal. Alguém diria que Leka, a participante do BBB, sofre desse problema? Se ela não corresse para o banheiro depois de comer, ninguém desconfiaria. Mas a empresária tem chocado os participantes do reality show contando alguns casos decorrentes do problema.

-Já tive marcas de dentes na mão porque a enfiava a mão toda na garganta para vomitar – disse Leka, – Já comi até sabonete num restaurante após forçar o vômito, porque não tinha como escovar os dentes – confessou.
Além do fator psicológico, a bulimia pode trazer problemas sérios para a saúde, como gastrite, úlcera, inflamação da garganta e desnutrição.

– Quando a pessoa vomita tudo o que come, ela poder ficar com uma carência de nutrientes – alerta a especialista.

Apesar de parecer desesperadora, a bulimia tem solução. Um tratamento psicoterápico pode fazer com que a pessoa retome sua vida normal e acabe com esse péssimo hábito. A rapidez da cura varia de pessoa para pessoa, mas em três meses os resultados já começam a aparecer.

– A pessoa precisa tratar o lado emocional. Se ela vomita, é porque tem culpa por ter comido muito. A questão é descobrir o que há por trás do fato dela comer muito, pois certamente é uma forma de suprir afeto, atenção e outras carências – ensina Olga, acrescentando ainda que se bem orientada, a paciente tem chances mínimas de voltar a sofrer desse transtorno.

 

Olga Inês Tessari – Psicóloga e Psicoterapeuta

Comentários