Pequena consideração sobre a felicidade.
27 de março de 2019
Relações Públicas
3 de abril de 2019

Especialista dá dicas de combate e prevenção de estrias

Stretch Mark

As estrias caracterizam-se por um rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina (responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade). Afetam homens, mulheres em idade adulta ou durante a adolescência, mulheres no transcorrer da gestação, e até mesmo crianças não escapam.

De acordo com a médica, especializada em medicina estética Vera Lucia de Toledo Mendes as estrias que são um processo degenerativo cutâneo, caracterizado por lesões atróficas em trajeto linear, variam de coloração de acordo com a fase evolutiva. “As mais recentes (estrias jovens) são de coloração avermelhada e as mais antigas de coloração branco-nacarada. Surgem principalmente nas coxas, nádegas, abdomem e dorso do tronco (homens)”, explica.

Mais de 60% das mulheres sofrem desse mal, mas o índice em gestantes é bem elevado, sendo que alguns trabalhos citam que há o surgimento de estrias em quase 90%, principalmente em abdômen e mamas, podendo aparecer em outras regiões.

Segundo a médica são inúmeras as causas que levam a formação das estrias, como obesidade, qualidade do tecido conjuntivo, crescimento repentino, hereditariedade, alterações hormonais, gravidez, efeito sanfona e predisposição genética. “Além de esforço físico excessivo para ganhar massa muscular, não é raro observar praticantes de atividade física com diversas estrias espalhadas pelo corpo. Muitas vezes são conseqüências de uma alimentação inadequada, associada a uma atividade corporal intensa”, observa.

Vera dá opções de procedimentos para tratamento de estrias como peelings químicos, dermoabrasão, subincision, intradermoterapia, carboxiterapia e dye laser. “Porém em todos eles o que podemos esperar é uma melhora do quadro clínico, mas nunca uma cura completa, pois as estrias são lesões irreversíveis”, enfatiza.

Como medida de prevenção, a especialista indica uma boa massagem com cremes. “Como a drenagem linfática, por exemplo, ela previne, mas não é 100% eficaz, portanto para evitar as estrias recomendo além dos tratamentos estéticos, deve-se beber pelo menos 8 copos grandes de água por dia (2 litros) e evitar engordar demais e rapidamente, eliminando doces e gorduras da dieta e praticar exercícios físicos regularmente”, finaliza.

 

Dra Vera Lucia de Toledo Mendes

Formada pela Universidade do Estado do Pará há 15 anos, com título de Ginecologista e Obstetra – TEGO, concedido pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia – FEBRASGO/AMB e Pós–

Graduada em Medicina Estética, pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino – IBRAPE.

A médica oferece em seu consultório os mais modernos tratamentos estéticos faciais e corporais, todos eles voltados para proporcionar saúde e bem-estar da mulher. A clinica da Dra Vera está localizada na Av Pedro Lessa, 1064 cj.32, Santos-SP. Mais informações: (13)3227.5133.

A especialista pode falar sobre os seguintes assuntos:

– Medicina estética facial e corporal

– Mudanças da pele durante as diversas etapas da vida

– Climatério

– Uso tópico de estrogênio

– Tratamentos estéticos pós-gestação

– Tratamentos de celulite / lipodistrofia / estrias

Comentários