Como surgiu o Dia Internacional da Mulher
1 de março de 2018
Dia da Mulher
1 de março de 2018

Ocupando espaços

Mulher guerreira que ocupa seu lugar ao sol
Na fragilidade que a faz destemida e forte,
Divina nas passarelas, heróica no esporte,
Seja na ginástica, no atletismo ou no futebol.

Que onde está deixa o ambiente mais bonito
Pela graça espontânea que no homem falta,
Mulher que veste a indumentária de astronauta
E sonda os mistérios do universo infinito.

Hoje ocupa o espaço que antes nunca existiu,
Sua presença é botão que floriu em cada canto.
Mulher agrônoma que leva tecnologia ao campo,
Mulher arquiteta atuante na construção civil.

Mulher artista que na sutileza das pinceladas
Coloca emotividade na beleza do retrato,
Mulher destemida que pilota aviões a jato
E, habilmente, conduz carretas nas estradas.

Mulher que canta, que representa personagem,
Colocando a alma na interpretação de cada cena,
Que brilha no brilho da televisão e do cinema
No fascínio do colorido da sua imagem.

Que vence desafios buscando sua liberdade,
Ocupando os espaços de um outro universo.
Quer discursando nas tribunas do Congresso,
Quer conduzindo coletivos nas ruas da cidade.

Quer envergando a toga de juíza na magistratura,
Quer vestindo o tosco uniforme dos varredores.
A mulher deve sempre ser tratada como as flores,
Pois simboliza eternamente meiguice e ternura.

Mulher que é sensível a qualquer lamento,
Que arbitra tomando sempre sábias decisões,
Que quando assume o governo de nações
Governa com sensatez e discernimento.

Mulher médica, dedicada ao mister de curar,
Graciosa na véstia branca peculiar da medicina,
Mulher professora que as consciências ilumina
Na rotina diária do sagrado ofício de ensinar.

Mulher operária dos pavilhões industriais,
Mulher lojista de permanente sorriso cativante,
Que desfila, aos nossos olhos, sempre elegante,

Mulher que conduz locomotiva sobre os trilhos,
Que comanda com disciplina exércitos militares.

Mulher artesã, que faz da argila escultura…
Mulher poetisa – delicadeza no verso sensível…
Mulher frentista nas bombas de combustível…
Mulher de farda, mas que guarda a doçura…

Mulher mãe cujo amor infinito não se contém,
Transborda-se em manifestação incontida
Ao ser que lhe é nascido da sua própria vida,
Ao filho que conduzirá no caminho do bem.

Mulher esposa, dedicada, companheira fiel
Nas horas em que as dores nos consomem,
Sagrado refúgio ao coração de um homem
Que nela encontra um pedacinho do céu.

Mulher irmã, namorada, amante, amiga…
Que na sua fragilidade se faz forte e destemida
Ocupando espaços que a sua condição requer…

Mulher índia, mulher negra, loura ou morena,
Todas têm a graça e o perfume da açucena,
Nasceram com a linda missão de ser mulher!

 

Agenor

Comentários