Ame a si mesmo
26 de julho de 2019
O que é flacidez
7 de agosto de 2019

Pedagogia

Duração

08 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo o prazo máximo de integralização 12 semestres.

Atuação

Tudo o que envolve a educação e os processos de ensino e aprendizagem faz parte do cotidiano do Pedagogo. Os profissionais com esta formação estão habilitados a atuar em sala de aula, ensinando a todas as faixas etárias, desde a pré-escola até os ensinos fundamental e médio. Além da rotina da sala de aula, eles também são capacitados a trabalhar na supervisão, coordenação e Administração das escolas. A consultoria para projetos editoriais didáticos e para o desenvolvimento de programas, eventos e outras iniciativas educativas também costumam requisitar sua contribuição.

Mercado de trabalho

Muitas ofertas e baixos salários
O mercado de trabalho para o Pedagogo, atue ele no magistério ou não, é repleto de contradições. Por um lado, tem a vantagem de ser amplo, pois abrange todas as áreas de atividade das escolas e creches, públicas e privadas, além de órgãos educacionais dos três níveis de governo, organizações não-governamentais e até o setor de comunicação. Ao mesmo tempo, porém, o contingente de profissionais é grande, e os níveis salariais nas escolas, especialmente públicas, ainda muito baixos.

Em parte, a remuneração precária é herança de décadas de descaso com a educação, o que também contribuiu para o desmantelamento da rede pública de ensino – um processo que se instalou durante a ditadura militar e só começou a ser revertido em meados dos anos 1990.

Um dos saldos dessa realidade é uma forte organização dos chamados trabalhadores em educação, incluindo aí funcionários e professores, sejam eles Pedagogos, ou formados pelos cursos secundários de magistério, ou graduados de nível superior, com licenciatura de outras disciplinas.

Há até mesmo organizações voltadas apenas para pós-graduados das diferentes especialidades da Pedagogia. Seus objetivos são divulgar a intensa produção acadêmica e teórica da área, mas também atuar no sentido de melhorar o ensino, a qualidade da formação dos trabalhadores em educação e as condições de trabalho e salário dessa importante categoria profissional.

Uma necessidade num país que ainda luta contra índices altíssimos de evasão escolar e contabiliza 14,9 milhões de analfabetos absolutos, mais outros 33 milhões de pessoas formalmente alfabetizadas, mas incapazes de ler de modo fluente.

Comparado ao das escolas, ainda é baixo o número de vagas disponíveis para Pedagogos em projetos educacionais alternativos financiados por ONGs nacionais ou multilaterais, como os de complementação de estímulo a leitura e as jornadas extras de aprendizagem fora do sistema oficial de ensino.
Também há oportunidades nas poucas empresas privadas que mantêm creches próprias, nas editoras de livros didáticos e paradidáticos e em diferentes organizações e instituições que promovem eventos, programas e atrações educativas.

Quanto ao salário, não há um piso nacional. Nos lugares mais afastados das regiões Norte e Nordeste, às vezes, não há Pedagogos e os professores locais chegam a receber menos de um salário mínimo. Nas capitais e grandes centros urbanos, os salários de professores de nível superior e Pedagogos giram entre R$ 1 mil a R$ 3 mil, dependendo da quantidade de aulas ministradas. Na rede particular, os valores geralmente são mais altos

Maiores Informações

http://www.sr1.ufrj.br/CatGrad2002.pdf
http://www.comvest.unicamp.br/cursos/Pedagogia.html

Comentários