As mãos
9 de maio de 2018
Perigo no lar
16 de maio de 2018

TV – Ritmo frenético pode causar TDAH

Young girl (4-6) with graphic depiction of violence on television

Quando Dimitri Christakis percebeu o encantamento de seu filho de três meses de idade com a televisão, ficou pensando como isso poderia afetar seu desenvolvimento mental. Foi então que esse professor de pediatria da Universidade de Washington e sua equipe criaram um estudo para descobrir como isso acontece.

Eles perguntaram aos pais de 1.345 crianças quanto tempo seus filhos com idade de 1 a 3 anos passavam em frente à televisão, e quanto elas eram capazes de prestar atenção (com base em perguntas de um perfil de comportamento hiperativo) aos 7 anos.

O grupo descobriu que, a cada hora adicional de televisão que uma criança assistia por dia antes dos 4 anos, o risco de desenvolver problemas de atenção aos 7 anos aumentava em 9 %. Christakis acredita que o mecanismo que danifica a atenção pode ser o ritmo da televisão. Em contraste com os ritmos mais vagarosos da vida real, a televisão exibe rapidamente diferentes imagens.

A exposição a esse volume frenético de dados durante os primeiros anos de vida – período crítico para o desenvolvimento cerebral – pode condicionar a mente para esperar esse nível de estímulo, diz. Embora não comprovado, Christakis ressalta que os principais sintomas dos problemas de atenção relatados são consistentes com o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

 

http://www2.uol.com.br/vivermente/
Comentários